Logo HD Especialidades Odontológicas - Hospital do Dente

Data: 15/06/2020

Bruxismo infantil

Bruxismo infantil  | HD Especialidades Odontológicas | Hospital do Dente

O bruxismo infantil não é uma doença, é um disturbio mutifatorial. É um trastorno em que o individuo aperta ou range os dentes, de forma involuntaria, durante o sono ou em vigilia. A causa dessa atividade parafuncional é bastante diversificada, podendo ser de origem local, sistêmica, psicológica, ocupacional, hereditaria ou ainda pode estar relacionada ao disturbio do sono. Atualmente há diversos estudos que correlacionam alterações respiratórias com bruxismo, a fim de verificar se existe correlação e alterações respiratórias.

bruxismo noturno é o mais frequente, e é onde a maioria dos pais se preocupam, pelo seu barulho, pois parece que os dentes vão se quebrar, dificilmente acontece, porém, podem surgir problemas maiores, como desgaste dental anormal, estalos ou dores na articulação, dores de cabeça, entre outros.

Muitas pesquisas sobre o bruxismo mostram à importância do sono reparador e correto para a saúde geral do individuo, e as crianças precisam muito ter uma boa qualidade de descanso. Uma boa higiene do sono previamente ao horário de dormir pode reduzir ou evitar esse transtorno, evitar atividades como video game, tablets, tv é essencial. Ler uma boa história ou um banho quente antes de dormir também podem ajudar. 

Fatores pscicológicos, tais como ansiedade e estresse também estão relacionados ao bruxismo, até mesmo mudança de rotina, cidade e até mesmo escola pode levar ao bruxismo. De acordo com dados da literatura, a incidência de bruxismo em crianças e adolescentes com infecções respiratórias varia de 5% à 81%.

Com relação as formas de tratamento, estas variam conforme o fator etiológico, bem como os sinais e sintomas decorrentes. Algumas técnicas psicológicas são efetivas e podem ser usadas para casos em que há grande tensão e ansiedade. A placa miorrelaxante tem indicação em alguns casos, mas não em sua maioria.

Uma avaliação clinica com um odontopediatra, e um acompanhamento com tratamentos locais pode ser a melhor opção de tratamento, assim como um atendimento multidisciplinar, envolvendo profissionais como pediatras, odontopediatras, psicologos e otorrinos.

 

Izabel_post

Dra. Izabel Garcia CRO 13766/SC

Odontopediatra e especialista em ortopedia funcional dos maxilares

 
  
icon_instagram @izabel_odontopediatria


Compartilhe esta notícia em suas redes sociais: